26 de junho de 2020

A cada 10 trabalhadores nas obras da educação, 9 são de Marechal

No total, dos 303 emprego gerados, 255 estão sendo ocupados, diretamente, por deodorenses.

Fotos: Wellington Alves

Lutando em contra-mão da crise econômica do país, intensificada após a pandemia no novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Marechal Deodoro deu continuidade a geração de emprego e renda nas obras do município. Na Educação, estão sendo realizadas mais de cinco obras, sendo 9 a cada 10 empregos ocupados por profissionais deodorenses.

Além dos avanços na educação deodorense, obras como a construção de unidades educacionais na Barra Nova, Massagueira, Gislene Matheus, Pedras, Terra da Esperança e Vila Altina têm empregado centenas de deodorenses, com empregos diretos e indiretos. No total, dos 303 emprego gerados, 255 estão sendo ocupados, diretamente, por deodorense, uma estimativa de mais de 84%.

A geração de emprego aos deodorenses nas obras do município é uma premissa da Prefeitura de Marechal Deodoro, que sempre solicita as empresas construtoras da obras que priorizem as contratações de pessoas que residem na cidade. Além disso, experiência na área e currículo são pré-requisitos para as contratações.

“Gerar emprego e renda é uma das prioridades da Prefeitura, ainda mais durante esta época de pandemia. E em contra-mão aos outros municípios, Marechal Deodoro, mesmo em crise, se manteve e continuou gerando os empregos”, afirmou o prefeito de Marechal Deodoro, Cláudio Filho Cacau.