12 de fevereiro de 2019

Prefeito Cacau reúne ambulantes e empresários para apresentar novo ordenamento da Praia do Francês

A partir de agora, a Prefeitura junto aos empresários, ambulantes, comerciantes e todo o trade turístico do local, trabalharão unidos para tornar a Praia do Francês um dos maiores destinos turísticos do Brasil.

Texto: Antônio Carlos Souto | Fotos: Wellington Alves

“A união faz a força”.  Foi com essa premissa que o Prefeito de Marechal Deodoro, Cláudio Filho Cacau, apresentou o Plano de Ordenamento aos ambulantes e empresários da Praia do Francês, na manhã desta terça-feira (12).

Sendo uma iniciativa inédita do executivo municipal, a reunião foi marcada pela união do setor produtivo junto aos comerciantes e ambulantes da região. A partir de agora, a Prefeitura junto aos empresários, ambulantes, comerciantes e todo o trade turístico do local, trabalharão unidos com um só objetivo: tornar a Praia do Francês um dos maiores destinos turísticos do Brasil.

Durante a reunião, os ambulantes puderam opinar sobre o ordenamento, tirar suas dúvidas e fazer suas reivindicações. O ambulante José Roberto Ferreira, que cresceu na Praia do Francês, expôs sua opinião sobre a reunião e falou da importância de buscar sempre uma união para um Francês mais desenvolvido.

“Eu vejo que a gente precisa se unir, buscar um diálogo. E eu agradeço ao Prefeito pela iniciativa. Essa é a primeira vez que o gestor daqui [Marechal Deodoro] se preocupa com a nossa classe, e nós temos que reconhecer”, afirmou.

Durante a reunião, foram discutidos alguns pontos de melhorias para os serviços ofertados aos banhistas e visitantes, como a proibição de abordagem excessiva aos turistas; a montagem excessiva de barracas e cadeiras; assim como a valorização dos ambulantes mais antigos.

O Prefeito Cacau garantiu que o município irá dar todo suporte para a melhoria das condições de trabalhos dos ambulantes, como por exemplo, a confecção e doação de camisas UV padronizadas com identificação e número de contato em casos de denúncias para todos ambulantes, assim como crachás que comprovem a regularização e permissão da Prefeitura para com o vendedor.

“Hoje quem está na Praia do Francês está em busca de melhorias. É tudo o que todos nós queremos. O intuito da Prefeitura não é tirar o emprego, não é tirar o pão da mesa de ninguém, não é prejudicar, nem perseguir. Pelo contrário, é melhorar a vida de vocês. Essa foi a missão dada a mim quando vocês me elegeram prefeito. E o que eu puder fazer, tenham a certeza, que eu farei em prol de vocês e pelo desenvolvimento desta cidade”, disse o prefeito.

Além dos ambulantes, a reunião contou com a presença de representantes do Ministério Público, Associação de Hotéis, Pousadas e Restaurantes; Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentos de Alagoas e da Associação de Turismo do Litoral Sul.

NOVO EDITAL

 Buscando otimizar e garantir acesso de forma transparente aos ambulantes que trabalham na Praia do Francês, a Prefeitura de Marechal Deodoro iniciou em dezembro de 2018, um edital de cadastramento, disponibilizando 300 vagas para alimentos e bebidas. Desse total, 247 foram classificados. Após um prazo recursal, mais 30 vagas foram preenchidas, totalizando em 270.

De acordo com a Associação dos Ambulantes da Praia do Francês, hoje, a praia conta com mais de 600 ambulantes que trabalham durante a alta temporada. Preocupado com a ordenação e com os deodorenses que não preencheram as especificações exigidas no edital inicial, o prefeito Cacau garantiu o lançamento de um novo cadastro.

“Hoje estamos aqui com um só objetivo: trazer melhorias para a Praia do Francês e para todos vocês. Vamos organizar de uma forma que ninguém saia prejudicado. Não é justo deodorenses que trabalham aqui há mais de dez, vinte anos, ficarem sem ter como ganhar seu sustento. Por isso, vamos acompanhar de perto, com transparência e justiça, para que todos fiquem satisfeitos e a Praia do Francês venha a ser um local cada vez melhor’, garantiu o prefeito.

O ordenamento da Praia do Francês dá preferência aos vendedores que tiverem mais tempo de abertura da empresa; mais tempo de comercialização dos produtos na Praia do Francês; assim como aqueles que moram no município. Os critérios de pontuação serão baseados no tempo de experiência e capacitação.

 

LEIA TAMBÉM!