13 de setembro de 2018

Prefeitura de Marechal Deodoro inicia oficinas do Programa de Acesso ao Trabalho

Programa, executado pela Secretaria de Assistência Social, tem objetivo de identificar as habilidades dos usuários dos Programas da Assistência Social

Texto: Izabelle Targino/Fotos: Wellington Alves

Fazer a integração entre os usuários dos Programas da Assistência Social e o mercado de trabalho, realizando palestras de motivação e oficinas para desenvolver as habilidades. Este é o objetivo do Programa do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas).

O Acessuas é um programa do Governo Federal, executado nos município por meio da Secretaria de Assistência Social, que busca a autonomia das famílias e dos usuários das Políticas de Assistência Social por meio do acesso ao mercado de trabalho.

Em Marechal Deodoro, as primeiras oficinas foram realizadas nesta quinta-feira (14), no auditório do Conservatório da Música e são uma parceria com a Centro de Integração Emprego Escola (CIEE). Pela manhã, um grupo de mulheres formado por rendeiras, artesãs e cocadeiras, todas usuárias de um tipo de serviço da Assistência Social participaram da oficina sobre Atitude Empreendedora, ministrada pela psicóloga Camila Patrício Agra.

Já no período da tarde, a oficina foi voltada para os jovens da liberdade assistida, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, e em situação de trabalho infantil. Esta foi a primeira de cinco oficinas que vão tratar sobre Identidade e Trabalho, preparando os jovens para entrevistas de emprego e o mercado de trabalho.

De acordo com a coordenadora do Acessuas em Marechal Deodoro, Joseane Queiroz, o município vai trabalhar em quatro eixos e os jovens participantes serão inseridos no cadastro do CIEE.

“O programa atua em quatro eixos, que são a Identificação e Sensibilização, que é quando identificamos nosso público e as habilidades deles; Desenvolvimento de habilidades, orientação para o mercado de trabalho e monitoramento. Os jovens que irão participar das oficinas, ao final serão cadastrados no CIEE e encaminhados para o mercado de trabalho. Nós da Secretaria iremos fazer este acompanhamento”, explicou a coordenadora.

Nas próximas quatro oficinas com os jovens serão discutidos temas voltados para o primeiro emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *