5 de dezembro de 2017

Jovem deodorense conquista sete medalhas no Campeonato Mundial de Natação Paralímpica

André Luiz Bento é paratleta, morador da Massagueira, e conquistou três medalhas de ouro, duas de prata e duas de bronze, durante os cinco dias da competição, em Águas Calientes, no México

Texto: Sthefane Ferreira/Fotos: Cortesia

whatsapp-image-2017-12-04-at-16-05-42Marechal Deodoro é conhecida por ser a terra de músicos e artesãs. Agora, se tornou a terra dos atletas medalhistas. O jovem André Luiz Bento, de 22 anos, morador do povoado Massagueira, foi destaque no Campeonato Mundial de Natação Paralímpica, realizado em Águas Calientes, no México, entre os dias 29 de novembro e 3 de dezembro.

Durante os cinco dias de competição, o paratleta conquistou sete medalhas, sendo três de ouro, duas de prata e duas de bronze. Entre as conquistas, um bronze na competição de nado borboleta de 50 metros, e um ouro no revezamento.

O nadador foi convocado para o campeonato pela Associação Brasileira de Desportos para Deficientes Intelectuais (ABDEM), uma associação que visa a organização e o desenvolvimento da prática do desporto na área da deficiência intelectual, a competição saudável e integração entre os atletas, e promove ainda o aprimoramento das habilidades físicas e intelectuais dos atletas. Além disso, a associação visa também o companheirismo e a inclusão social através do esporte.

A Secretaria de Esporte e Lazer de Marechal Deodoro, deu todo o apoio necessário para o atleta com os materiais e equipamento necessários para treinamento e o campeonato. Além do apoio para que o jovem viajasse para outros estados onde realizou treinos em piscinas maiores.

O campeonato acabou nesta segunda-feira (04), e a chegada de André está prevista para esta quarta-feira (06) em Marechal Deodoro. Para o Secretário Municipal de Esporte e Lazer, Euclydes Mello Filho, ter um atleta com todas essas medalhas é um orgulho para o município.

“O André passou por muitas dificuldades para chegar onde chegou. Ele saia de casa pela manhã e só chegava a noite, tudo isso para treinar. Então é um imenso orgulho ter um deodorense que conquistou essas medalhas em um campeonato mundial. Isso faz com que outros jovens também se sintam incentivados”, disse.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *